quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Debate aos números

Datafolha - 18 de outubro - evolução dos votos válidos para presidente — Foto: Arte/G1
Resultado de imagem para pesquisas governador segundo turno


DATAFOLHA APONTA: BOLSONARO 59% x 41% HADDAD

Jair Bolsonaro (PSL) segue liderando na mais nova pesquisa Datafolha, divulgada esta noite. Para ambos os casos, o deputado federal aumentou um ponto percentual, enquanto Fernando Haddad (PT) desceu. Agora o placar aponta 59 a 41, nos votos válidos.

Contando os votos brancos e nulos, houve a mesma diferença de uma pesquisa para outra. Bolsonaro foi de 49 para 50%, enquanto o petista e ex-prefeito de São Paulo regrediu de 36 para 35%.

A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Ainda falando sobre a corrida presidencial, Jair Bolsonaro afirmou hoje que não participará de debates do segundo turno, embora a equipe médica já sinalize liberação para que o candidato esteja frente a frente com Haddad. Até o momento todos os debates previstos estão suspensos, ou mesmo cancelados.

GOVERNADORES
Resultado de imagem para pesquisas governador segundo turno
Resultado de imagem para pesquisas governador segundo turno
Resultado de imagem para pesquisas governador segundo turno

Resultado de imagem para pesquisas governador segundo turno

Nos 14 Estados que tem segundo turno para governador, as primeiras pesquisas são divulgadas nesta semana. Em boa parte deles, candidatos que antes eram tidos como coadjuvantes, surpreenderam no turno anterior e agora ganham "de lavada" contra nomes conhecidos.

Os casos mais brilhantes acontecem em Rio de Janeiro e Minas Gerais. Nas terras fluminenses, o ex-juiz Wilson Witzel (PSC), que há dois meses atrás tinha só 1% dos votos, passou por cima dos favoritos e, agora, lidera os votos válidos por 61% a 39% do ex-prefeito da cidade, Eduardo Paes (DEM).

Em Minas, a disputa era polarizada por Antônio Anastasia (PSDB) e Fernando Pimentel (PT). Mas Romeu Zema (NOVO) surpreendeu de tal forma que quase levou tudo no 1° turno. Para agora, já tem 71% dos votos válidos, contra 29% de Anastasia, ex-governador e atual Senador pelo Estado.

Outro que cresceu do meio para o fim das pesquisas foi Ibaneis Rocha (MDB), no Distrito Federal. Ele ostenta altíssimos 75% contra 25% de Rodrigo Rollemberg (PSB), atual governador.

No Amazonas, que teve eleições suplementares no ano passado, o atual mandatário Amazonino Mendes (PDT) vai perdendo feio para Wilson Lima (PSC), como mostra a ilustração acima.

Estes são só algumas das pesquisas mais destacáveis. Em São Paulo, tem o resultado mais apertado, com direito a empate técnico. João Dória (PSDB) tem 52% contra 48 de Márcio França (PSB).

Hoje, ocorrem os debates para governadores através da Band, para 7 Estados.

quarta-feira, 17 de outubro de 2018

A IMAGEM DO CRUZEIRO RESPLANDECE



Daniel Teixeira/Estadão

Corinthians1X2Cruzeiro

1993 1996 2000 2003 2017 2018

AZUL CABULOSO!

CRUZEIRO BATE CORINTHIANS EM NOITE DE "VAR" E É HEXA DA COPA DO BRASIL

É hexa! O Cruzeiro é o dono da Copa do Brasil!
Cabuloso como seu apelido, os mineiros faturaram o sexto título da competição, se isolando de vez como o maior campeão. Ainda foi um bicampeonato seguido, algo inédito na história da CB.

O feito se concretizou nesta noite em plena Arena Corinthians. Diante de 46.579 torcedores, com uma renda recorde de mais de 5 milhões de reais, a Raposa venceu o Corinthians por 2x1, em noite que o árbitro de vídeo teve participação determinante. E o gol do título veio do outro lado do mundo, literalmente. O uruguaio Arrascaeta voltou do Japão, de onde sua seleção havia perdido ontem de manhã por 4x3 para os nipônicos. O voo ainda fez escala em Dubai, até chegar a São Paulo durante a tarde. Deu tempinho de descansar e tudo, até a hora de ser decisivo. Isso conto mais pro final do resumão!
Fábio, Dedé, Léo, Henrique, Ariel Cabral, Robinho, Barcos e companhia fazem parte da galeria do velho novo campeão. Encabeçada pelo seu chefe e estrategista, Mano Menezes, que crava o seu terceiro título na competição. Só fica atrás de Luiz Felipe Scolari, dono de quatro taças, e a quem Mano eliminou nas semifinais. Máximo respeito gaúcho.

O JOGO E O VAR

A festa da finalíssima foi gigante, com apoio maciço dos corintianos que lotaram a arena em Itaquera, e muitos fogos pirotécnicos. Já as escalações deixaram desconfianças dos lados. O Timão investiu com um trio de ataque, com Romero, Emerson Sheik e Jonathas. Já o time de Mano pouco mudou em relação ao primeiro jogo. No mais tinha Arrascaeta no banco.
Dentro do jogo, contudo, o Cruzeiro foi dominante na maior parte. Nos 20 minutos de jogo já chegava com mais perigo. E aos 27, desenhava-se o hexa. Após vacilo de Léo Santos, que quis dominar na lateral e perdeu bobamente a bola para Rafinha, Barcos driblou e acertou o chute na trave. A bola caprichosamente encontrou Robinho, que conferiu no rebote. 1x0 e o título mais perto.
E ainda tinha mais chances. Logo depois, Dedé acertou cabeçada no poste. Do outro lado, o Timão chegava pela primeira vez com perigo. Em um "testaço" de Henrique, a bola triscou no pé da trave e saiu. Foi um raro erro de marcação da zaga celeste. A dupla Dedé e Léo esteve impecável.

No segundo tempo, o VAR assumiu o protagonismo da noite. Aos 7 minutos, um toque sutil de Thiago Neves em Ralf, que já caia na área. Após minutos de conferência, o árbitro de campo Wagner Nascimento Magalhães (RJ), junto ao comandante do vídeo, Wilton Pereira Sampaio (GO), deu pênalti. Contestável, no mínimo, mas deu. Jadson foi para a cobrança e deixou tudo igual, reacendendo as esperanças da torcida. A ovação com a chamada do garoto Pedrinho para o jogo era nítida. E assim como contra o Flamengo, o meia correspondeu. Novamente de longe, aos 23 minutos, acertou um golaço sem chances para Fábio. Era a virada corintiana. ERA!
O VAR foi acionado novamente, e o árbitro acusou e confirmou: em lance anterior, Jadson fez falta em Dedé e o gol foi anulado. Também contestável.. o meia acertou o zagueiro de leve, no peito, mas o mesmo levou as mãos ao rosto, simulando agressão, assim que Pedrinho tinha feito o gol.

É isso, duas interpretações duvidosas que mexeram nos rumos do jogo, para ambas as partes.

O Corinthians sentiu o golpe da anulação, mas continuou para cima em busca de levar a decisão aos pênaltis. Na calmaria, o Cruzeiro segurava a pressão, com Dedé desarmando tudo. Raniel e Arrascaeta entraram e deram mais movimento ao ataque. O atacante exigiu boa defesa de Cássio. E o uruguaio desequilibrava, mesmo vindo do lado oposto do mundo.
E aos 37 minutos, não deu outra. Contra-ataque certeiro iniciado por trás, Raniel ganhou na marcação e passou para Arrascaeta. Livre, o uruguaio tocou na saída de Cássio, com cavadinha e tudo, e matou o jogo. GOLAÇO, MAIÚSCULO! É o do título!
E mesmo com sete minutos de acréscimos, não havia muito a se fazer até o apito final. Deu Cruzeiro campeão mesmo, na competência e na estratégia. Muito pela sua perfeitíssima campanha como visitante, onde ganhou todos os jogos.

O roteiro se repete ao fim do resumão, de um ano para outro.
PARABÉNS, CRUZEIRO ESPORTE CLUBE, 6 VEZES CAMPEÃO DA COPA DO BRASIL!

terça-feira, 16 de outubro de 2018

Dança das notas

Claudinei Oliveira ficou dois meses no Paraná e aceitou o desafio na Chapecoense — Foto: Marcelo Andrade/Gazeta do Povo

CHAPECOENSE ACERTA COM CLAUDINEI OLIVEIRA PARA FUGIR DO Z4

Dança das cadeiras na Série A, pelas partes de baixo. A Chapecoense demitiu ontem o técnico Guto Ferreira, após derrota para o Vitória no domingo. É a segunda demissão encarada pelo treinador, que no primeiro turno deixou o Bahia.

E para o lugar de Guto, a Chape buscou na solução um treinador que também tem comum as lutas contra o rebaixamento, das mais difíceis. Claudinei Oliveira aceitou assumir o time, deixando assim o comando do Paraná, onde estava desde a última rodada do primeiro turno. Lá, não venceu nenhuma das 11 partidas no comando. Antes, estava no Sport, outro time que se encontra no Z4 atualmente (quando ele saiu, o time ainda era 15°).

Praticamente rebaixado e com apenas 17 pontos, o Paraná também já tem substituto: Dado Cavalcanti será apresentado nesta quinta, com contrato a longo prazo válido até 2019.

ATUALIZAÇÃO (17/10):
O Atlético Mineiro foi mais um a introduzir a dança das cadeiras. Após dois jogos sem vencer, Thiago Larghi foi dispensado, e a diretoria agiu rápido para trazer um velho conhecido da torcida mineira. Levir Culpi teve sua volta anunciada na noite desta quarta. Será sua quinta passagem no clube, onde já comandou por anos 90 e 2000. Nas últimas passagens conseguiu suas maiores vitórias: a Série B em 2006, e em 2014 a Recopa Sul-Americana, mais a Copa do Brasil, com viradas muito marcantes e título conquistado em cima do rival Cruzeiro. Em 2015, ganhou o Estadual e foi vice brasileiro, se despedindo na reta final daquele ano.

Torcida do Corinthians faz festa em treino aberto antes de final contra o Cruzeiro; veja vídeosFoto: (Rafael Araújo)

FINALISTAS CONTAM COM APOIO DA TORCIDA

Torcedores de Corinthians e Cruzeiro fizeram um apoio ensandecido em seus territórios naturais, na véspera da finalíssima da Copa do Brasil, amanhã.

No palco da decisão, a Arena Corinthians recebeu mais um treino aberto do elenco paulista, contando com 35 mil pessoas, que adentraram as arquibancadas tendo como ingresso a doação de alimentos. O apoio se repete em relação a outras decisões que foram antecedidas por treinos abertos. Isso aconteceu nas finais do Campeonato Paulista, do qual foi campeão, e a semifinal da CB, de onde venceu o Flamengo.

Do lado cruzeirense, os torcedores mineiros lotaram o aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, para vibrar energias aos comandados e ao técnico Mano Menezes. A delegação já está em São Paulo e se concentra para o jogo.

A Raposa joga pelo empate para garantir o hexa da competição, sendo o segundo título seguido. O Timão precisa de vitória por dois gols. Se vencer por um, a decisão vai para os pênaltis.

Título simbólico

Brasil marca no fim, supera a Argentina e fatura Superclássico (reprodução)

BRASIL BATE ARGENTINA NOS ACRÉSCIMOS E LEVA TAÇA DO SUPERCLÁSSICO

Um grito simbólico de "é campeão!" se ecoou na Arábia Saudita.

Foi sofrido e nos minutinhos finais do jogo, mas o Brasil venceu a Argentina por 1x0 em Jidá. O gol saiu aos 47 minutos do segundo tempo. Em escanteio de Neymar, Miranda testou firme de cabeça, na saída errada do goleiro Romero. Assim foi a garantia da taça simbólica do Superclássico das Américas. Apesar do gol só no final, o Brasil foi melhor na maior parte, criando mais chances que os Hermanos.

É o quarto título seguido para o Brasil neste século, uma vez que o clássico é esporadicamente disputado em formato de título. Assim foi em 2011 e 2012, com um jogo em cada país, e em 2014, na China. No ano passado, a Argentina levou a melhor em duelo realizado na Austrália, mas não foi uma disputa caracterizada com troféu.


segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Enrolados

Arthur perde pênalti, e Ceará e Botafogo terminam no zero (J. L. Rosa)

0X0Botafogo

ARTHUR PERDE PÊNALTI E DUELO ALVINEGRO FICA NO ZERO

Como ocorreu no primeiro turno, botafoguenses e cearenses ficaram no empate sem gols, não alterando as apertadas situações dos times. Se o Botafogo permanece em 12°, a situação foi pior ao Ceará, ainda em 17°, sendo que poderia ganhar. No primeiro tempo, Arthur Cabral mandou um pênalti para fora e irritou a torcida no Castelão. Depois, o time de Lisca teve gol de Juninho Quixadá anulado pela arbitragem. Enquanto isso o Fogão mal chegou ao ataque.
Terminou assim a rodada 29, que teve suas particularidades: 19 gols marcados, sendo míseros 2 para os times visitantes.

Segue a classificação

CLASSIFICAÇÃOPGJVEDGPGCSG%
Palmeiras5929178445182768
Internacional5629168539201964
Flamengo5529167644222263
São Paulo52291410540271360
Grêmio5129149637181959
Atlético-MG4629137947341353
Santos422911993326748
Atlético-PR39291161241291245
Fluminense3729107123035-543
10°Cruzeiro372891092225-344
11°Corinthians352998122827140
12°Botafogo3529811102939-1040
13°Bahia3429810113034-439
14°Vasco3429810113440-639
15°América-MG332989122534-938
16°Vitória322995152849-2137
17°Ceará3128710112229-737
18°Chapecoense3129710122942-1336
19°Sport272976162549-2431
20°Paraná172938181243-3120

A trigésima rodada, no próximo fim de semana, mostrará quais forças terão os postulantes a título. Dois deles enfrentam times do Z4. O Palmeiras recebe o Ceará, enquanto o Flamengo visita o lanterna Paraná. Já o Inter encerra a jornada contra o Santos, no duelo mais equilibrado tecnicamente.

SÁBADO

América-MG X Grêmio
Botafogo x Bahia
Sport x Vasco
São Paulo x Atlético-PR

DOMINGO

Vitória x Corinthians
Fluminense x Atlético-MG
Palmeiras x Ceará
Paraná x Flamengo
Cruzeiro x Chapecoense

SEGUNDA

Internacional x Santos